23
Abr 09

               No seguimento do golpe militar de 28 de Maio de 1926, foi implementado um regime ditatorial e de inspiração fascista. Denominado por Estado Novo, este era dirigido por António de Oliveira Salazar que manteve o seu poder até 1968, quando o foi retirado por incapacidade após uma queda que lhe provocou lesões cerebrais. Sendo substituído por Marcelo Caetano, o seu regime continuou com o mesmo rigor que oprimiria o país até ao dia 25 de Abril de 1974.

Na sucessão da revolta militar, foi planeado um movimento que poria fim a estas cinco décadas de opressão, que foi dirigido pelos oficiais intermédios da hierarquia militar, colocando fim, num só dia ao regime militar que vigorava o país.

Durante este movimento, um soldado que avista uma florista que transportava cravos pega num deles e coloca na sua espingarda, sendo rapidamente imitado por todos os soldados. Assim, este movimento ficou desde logo conhecido pela “Revolução dos Cravos” e marcado pela canção “Grândola Vila Morena”

Este golpe militar histórico é recordado por todos os portugueses, como um grande acontecimento que trouxe finalmente, a liberdade tão ansiada ao povo português. Deste modo é assinalado todos os anos com um feriado nacional, acompanhado de várias sessões televisivas, entre outras exposições que relatam e recordam este acontecimento.  

 

 

publicado por Rita Silva às 01:00

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO