14
Dez 08

           Após a passagem do período de eleições, em que duas listas disputaram o cargo para a Associação de Estudantes, assistimos agora a momentos deploráveis nos quais predomina a discórdia entre o grupo de trabalho eleito pela comunidade escolar e outro grupo que deverá abandonar as suas funções ainda no presente período.

           Estabelecido está no regulamento que, após o período de eleições, no caso da entrada de uma nova lista, a antiga deverá abandonar o seu cargo num período de 30 dias. Período este comprido, com a máxima rigidez, pela lista A.

           Assim, ao longo deste tempo, ambas as listas se preocuparam em organizar as actividades que apenas a Associação de Estudantes deveria realizar. Situação incrível, pois se já vivemos épocas em que não tínhamos um grupo capaz de elaborar eventos que proporcionassem uma merecida atenção, agora temos dois, perfeitamente capazes de organizar exactamente as mesmas actividades. Se analisarmos os vários pontos de vista, concluiremos que não será má opção, esta de se imitarem, pois deste modo evitam que nós, enquanto comunidade escolar, fiquemos confusos perante um leque tão vasto e variado de actividades a realizar. Porém a confusão acabará por pairar nas nossas mentes ao tentar analisar qual será a organização que deveremos escolher para participar, e então a dúvida persistirá.

            Apesar de o período de eleições encerrar a 3 de Novembro, continuamos a assistir a uma espécie de campanha, em que uma lista estará a fazer o trabalho para que foi eleita pela comunidade escolar, e outra que insiste em iniciar o trabalho a que foi “despromovida” pela mesma comunidade. Assistimos então a uma enorme falta de respeito perante a nossa opinião, e aí perguntamo-nos: para quê votar, se esse voto não será respeitado? Talvez as atitudes que temos vindo a presenciar justifiquem a tamanha abstenção de votos. Mas a vergonhosa história não se centraliza apenas na demonstração do trabalho que é exposto tarde de mais, mas tem continuidade no trabalho que teima em não ser iniciado. Pois como já foi referido, apenas no dia 3 de Dezembro a antiga lista deveria abandonar o cargo, e por isso terá subentendido, com enorme falta de compreensão que não se deveriam limitar apenas a projectos de um mês. Obtendo esta conclusão, esqueceram-se do papel que lhes foi destinado durante esse mesmo mês. Perante isto assistimos a situações lamentáveis, das quais servirá de exemplo a atitude dos membros da antiga Associação de Estudantes diante as várias quedas de uma mesa de ping pong que, segundo membros da Lista A, tem sido concertada com alguma frequência. Atitude esta em que, quando não discutem com o inocente aluno que jogava no momento, se limitam a ignorar, esperando assim, que os novos membros da Associação, que ainda não estavam autorizados a utilizar o material a que tinham direito, agissem. Atitude irónica que por vezes chega atingir proporções cómicas, ora não seria esta uma das melhores qualidades dos nossos ex-representantes – o sentido de humor.

            Contudo até o sentido de humor acaba por ter os seus limites, que deveriam ser respeitados tal como a nossa opinião. A Associação de Estudantes existe como meio de nos representar em variados aspectos, e não como forma de nos dividir entre eles. Assim esta instituição pretende estar unida e não dividida.

             Varias vezes se questionou nesta escola, se uma lista caracterizada como inexperiente seria capaz de realizar um bom trabalho, pois bem, se aqueles que tanto se questionavam colocarem o receio de obter a resposta que não pretendem de parte, uma vez eleita, a nova Associação de Estudantes poderá mostrar aquilo de que é capaz, se lhe derem oportunidade e espaço de manobra para tal.

publicado por Rita Silva às 00:24

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO